Alimentação dos Diabéticos Como Manter o Equilíbrio

alimentacao-dos-diabeticos-como-manter-o-equilibrio

A glicemia nos Diabéticos é um problema muito sério e para conseguir mantê-la sob controle é preciso:
Fazer uma combinação correta do jejum na alimentação.
Os Carboidratos que estão presentes no trigo, aipim, arroz, batata, frutas e no pão contém 50 a 60% de baixa no índice glicêmico = 190g.

As Fibras são encontradas em cereal integral e também nas frutas contém de 20 a 35g.
Nas Proteínas: 0,8 a 1g/kg/peso = 75g ( coma peixe pelo menos 2 vezes por semana + a soja)
As gorduras encontradas nas carnes são de 20 a 30% saturadas até 7% = 10g.
Devem ser ingeridos alimentos integrais, que sirvam de fonte de fibras, pois elas vão servir de essência energética para as bactérias que habitam o intestino, acelerando trânsito das fezes fornecendo assim fonte de fécula sólida: trigo integral, cevadinha, quínua, aveia em flocos, centeio, arroz parboilizado ou integral.

O uso diário do farelo de aveia na medida de uma colher de sopa é recomendado, pois neste farelo está contida beta glucana, é uma fibra que no intestino forma uma espécie de gelatina extraindo a gordura e o açúcar, fazendo com que o transito fique mais devagar, alimentando a flora intestinal.

A inclusão dos alimentos que sejam fonte de gorduras polinsaturadas e monoinsaturadas, que sejam ricas em ácidos graxos necessários como o ômega 3,6,7 e também 9. Esses ácidos atuam como antiinflamatório, melhorando a fluidez das membranas das células e ajudam a diminuir o colesterol.

De uma a duas colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem ao dia.
São recomendadas as sementes de girassol, linhaça e gergelim: linhaça pode ser usada 1 a 2 colheres de sopa ao dia sua semente deve ser moída.
As nozes, castanhas de caju, amêndoas, castanhas do Pará são oleaginosas, riquíssimas em vitaminas e minerais, possuem um índice glicêmico baixo e podem ser servidas com frutas intercalando entre as refeições.
Os peixes de água salgada, sardinha, o bacalhau, o atum e o salmão.
Devem ser diminuídos o uso de gorduras saturadas e gorduras trans ( como os pratos prontos, as frituras, biscoitos).
Se alimentar de vegetais de diferentes cores, de 4 a 5 espécies ao dia. São fonte de fibras, fitoquímicos, vitaminas e vegetais.

O consumo de frutas de preferência com baixo índice glicêmico como: o pêssego, a lima, a laranja, a ameixa, bergamota, a pêra, o melão e a maçã.
Quando for comer frutas que contenham maior IG como: uva. Mamão, figo, manga ou banana e se for em um dos intervalos você deve incluir 4 nozes ou 2ª 3 castanhas do Pará. Coma cada vez mais vegetais de cor verde escura ( o nabo, a rúcula, o repolho, a couve-flor, o brócolis, agrião, couve) que servem de alimento par as bactérias probióticas, diminuindo o IG dos carboidratos que foram ingeridos, com o aumento da saciedade: deve-se consumir no mínimo 1 xícara de vegetal cru ou cozido no vapor por dia, picado e não deve ser colocado vinagre.
Ao variar a ingestão de proteínas você também acaba variando a qualidade, intercalando frango, peixe, peru, porco e boi você combina as proteínas vegetais como o grão de bico, a lentilha, ervilha, o feijão e a soja.

Você deve incluir no seu cotidiano ervas e especiarias para que você poça ter substâncias antioxidantes tendo como destaque a ação anti-bactéria e anti-fungos de algumas ervas como o gengibre, a canela, o alecrim, orégano, curry.
Sua hidratação será maior se aumentar o consumo de água, como o chá por exemplo e diminuir o café. Se você ingerir líquidos durante as refeições pode ocorrer o que chamamos de plenitude gástrica e acúmulo de gases ( consumir 200ml no máximo antes e 1:30h depois da refeição)

O consumo do abacate é muito importante, ele aumenta a fabricação de glutationa ( substância antioxidante), preserva a glutamina, nutriente necessário para as células intestinais).
Evite laticínios: nata, molho branco, requeijão, leite, manteiga, queijos, são alimentos que provocam alergias, neles são encontradas gorduras trans e são fáceis de oxidar.
A salsicha, salsichão e a lingüiça são embutidos que apresentam elementos tóxicos e contém uma alta taxa de sódio por isso devem ser evitados também.
Lembre-se: uma pessoa não deve passar mais de 3 horas sem se alimentar.

alimentação Carboidratos controle Diabéticos fibras glicemia índice glicêmico Proteínas

Artigos Relacionados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*