Azeite de Oliva e Seus Benefícios Para a Saúde

Podemos dizer hoje que existem vários tipos de gorduras e nem todas elas são prejudiciais á saúde, como nem todos os carboidratos são saudável e a proteína em excesso faz mal.

Contudo, as dietas são estudadas constantemente para melhor a orientação aos pacientes, cada um de forma isolada.

Há uma frequência real para a proporção e redução dos carboidratos nas dietas, por causa do aumento das gorduras. Mas não quer dizer que falamos de qualquer tipo de gordura e nem da exclusão dos carboidratos, e sim, que devemos dizer que a sua redução de 10 a 15% nas dietas, por causa do alto nível de gordura monoinsaturada, gordura que compõe o azeite de oliva.

Erra quem pensa que a dieta mais eficaz é aquela que diminui o pão o arroz para acrescentar grandes quantidades de azeite no prato.

Na quantidade certa o azeite tem grandes benefícios no controle e prevenção de doenças ao câncer e cardiovasculares, em especial o azeite virgem e o não refinado, quase zero em gordura saturada.

Além da presença quase zero em gordura monoinsaturada em todos os azeites também há grande concentração de beta caroteno, vitamina E e polifenóis. Esse composto é responsável pela função anti-inflamatória e antioxidante.

Dos óleos da oliva vistos nos supermercados existem dois tipos: O virgem ou extravirgem que são diferenciados pelo seu nível de polifenóis que equivale de 150 a 350mg/kg. Mas que comparados aos azeites refinados que é uma fonte de gordura monoinsaturadas não contém polifenóis.

Os benefícios do azeite consistem em não afetar a massa corporal, se o seu consumo for regular em quantidades adequadas proporciona uma redistribuição da gordura, afim de reduzir depósitos abdominais; explicando a proteção cardiovascular na Dieta do Mediterrâneo, regulando efeitos bactericidas o H-pylori presente nas gastrites, preventivos nas fraturas, com efeito analgésico nas doenças inflamatórias crônicas e em variados tipos de câncer, tais como o de mama e o de cólon.

E para maior conservação do azeite, são necessários recipientes escuros, longe da luz e em locais frescos. Caso contrário ele sofre oxidação. E como qualquer produto, observe sempre a data de validade, sabendo que depois de aberto esta validade sofre alteração, onde o consumo do produto deve ser feito em até seis meses.

O azeite pode ser um forte aliado a nossa saúde, desde que consumido corretamente.

azeite de oliva Prevenção de doenças saudável

Artigos Relacionados