O colágeno é uma proteína, sendo 30% de toda a proteína de nosso corpo e  está presente; na pele, nos ligamentos dos músculos com os ossos, nos ossos com o Cálcio, nas cartilagens e demais locais do corpo.
Que tem como função provocar a elasticidade desses órgãos. Imagine os ossos sem colágeno, eles quebrariam com facilidade. Ele é produzido naturalmente no nosso organismo, porém estudos mostram que, aos 30 anos o organismo sofre perda anual dessa proteína em torno de 1%.
Esse colágeno é produzido a partir do osso e da cartilagem do boi, passando por um processo chamado de Hidrólise, isto é, quebra das moléculas de proteína, para ser absorvido facilmente pelo organismo.


“Dos 50 anos em diante, a queda aumenta drasticamente”, diz Jocelém Salgado, pesquisadora e professora de nutrição humana da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP).
Então é essas e outras, que fazem com que algumas atrizes usam desse artifício para manter o corpo escultural e manter a saúde da mulher. E nutricionistas, dermatologistas e médicos ortomoleculares acreditam que o consumo de suplementos é importante a partir dos 30 anos, principalmente depois dos 50.

Para perceber os efeitos do colágeno, classificados pela Anvisa -Agência Nacional de Vigilância Sanitária como alimento é preciso consumi-lo todos os dias. Os nutricionistas e médicos indicam as farmácias de manipulação que fornecem o colágeno na medida certa para cada paciente, em cápsulas ou em pó. Sendo em cápsula é mais prático, porém em pó diluído em água, possui a vantagem  de saciar a fome e ajuda a controlar o peso. E ótimo para a pele e deixar o corpo mais durinho.

Por outro lado,  os alimentos são fontes certas. Como fontes desta proteína estão: a carne vermelha, de frango e peixe. No entanto, para o colágeno ser sintetizado  pelo organismo é preciso consumir vitamina C, que estão contidos nas frutas, como: laranja (como na foto acima), limão, melão, caju, kiwi, acerola e goiaba. Vitamina E, (selênio e zinco)que está contido: em avelã, amêndoas e castanha-do-pará. E a gelatina, aquela sobremesa que geralmente fazemos para as crianças, possui 10% de colágeno.

Para ajudar a você a consumir o colágeno em pó, abaixo estão algumas receitas simples:

Suco de tangerina
• 1 copo (250 ml) de suco de tangerina
• 1 pera sem casca e sem sementes
• 1 sachê (ou 1 colher de sopa) de colágeno hidrolisado sabor tangerina
• Gelo a gosto

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Suco de laranja e abacaxi
• 1 copo (250 ml) de suco de laranja
• 2 fatias médias de abacaxi
• 1 sachê (ou 1 colher de sopa) de colágeno hidrolisado sabor laranja
• Gelo a gosto

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Shake de abacaxi, maracujá e morango
• 1 copo (200 ml) de leite de soja
• 2 fatias médias de abacaxi
• 1 sachê (ou 1 colher de sopa) de colágeno hidrolisado sabor morango
• Adoçante a gosto
• Gelo a gosto

Modo de preparo
No liquidificador, bata o leite e o abacaxi. Coe e bata novamente com o colágeno, o adoçante e o gelo. Beba em seguida.

Veja alguns produtos em cápsulas e gelatina:

BioSlim Colágeno – Do Laboratório Herbarium
Tem 5 gramas de colágeno em 10 gramas do pó (ideal para uma porção).
No sabor chá verde e limão (pote 180 gramas, 21,60 reais).

Gelamin – Da Advanced Products
Tem 8 gramas de colágeno em 10 gramas do pó, além de vitaminas A e C.

Nos sabores laranja, tangerina e limão (caixa com 30 sachês, 45 reais).

Encontre o melhor para saciar sua fome e se manter no peso ideal com a ajuda que colocamos acima.

 

Fonte: Abril