Como Fazer Para Acabar com o Mau Hálito

mau hálito

O mau hálito não é uma doença, más sim um sinal de que alguma coisa no organismo não está bem. Segundo o dentista Maurício Duarte, a halitose tem mais de 70 causas.
As de origem bucal correspondem a 90% dos casos. A saburra lingual, é um dos inimigos do hálito fresco, ela deixa a língua com um tom esbranquiçado.

As doenças como gengivite, periodontite e a pouca produção de saliva ou seja( o detergente natural da boca) também prejudicam o hálito.
Já nas vias aéreas superiores temos outros responsáveis pelo mau hálito: são eles os cáseos amigdalianos. Nada mais são do que pequenas bolinhas brancas que estão presentes nas amígdalas e que exalam um cheiro muito forte, que nem uma bala ou chiclete conseguem tirar. De acordo com o dentista e especialista Maurício Durante o processo de formação por que passam a saburra e os cáseos são parecidos.

Os dois casos aparecem devido a pouca produção de saliva e pela descamação da boca.
As bactérias se acumulam na parte interna das bochechas provocando assim o mau hálito. Muito se engana quem pensa que o mau hálito vem da falta de higiene bucal.
A pessoa que tem halitose geralmente apresenta uma excelente higiene.
Só uma boa escovação não garante um bom hálito. Pelo contrário,quem escova excessivamente os dentes pode ferir a gengiva favorecendo o aparecimento do mau hálito. Os profissionais advertem que mais importante que escovar os dentes freqüentemente é primeiro fazê-lo corretamente. É preciso que se tenha disciplina e acima de tudo força de vontade para não relaxar. Um hábito que poucas pessoas tem é o de limpar a língua e isso ajuda bastante na prevenção do mau hálito.

Na língua se concentram a maioria das bactérias existentes na boca. Para entendermos melhor, uma gota de saliva contém mais de 3mil microorganismos. O pior é que eles passam para outras partes do corpo causando grandes danos. Ao orientar o paciente em relação a limpeza completa, o dentista deve auxiliar quanto ao lado emocional.

Segundo os especialistas, é comum atender pessoas que não tem halitose, mas dizem que tem o problema. Já ao contrário existem pessoas que se curam, mais insistem em dizer que o problema voltou. Se aquele hálito que é insuportável costuma aparecer de manhã, não entre em pânico: isso é normal. Por você estar em jejum a noite toda, o nível de açúcar no sangue diminui.

Quando isso acontece o organismo passa a queimar gordura para que se tenha energia liberando assim um cheiro ruim através da respiração. Após se alimentar e fazer a higienização oral o forte odor tende a passar, isso segundo os dentistas. Caso isso não aconteça o melhor é procurar a ajuda de um profissional.Vamos ver alguns fatores que contribuem para o surgimento do mau hálito.
Estresse, quem fica muito estressado pode liberar hormônios que prejudicam o funcionamento da glândula que produz a saliva.

Quando se produz pouca saliva, as chances de ter um aumento da saburra lingual aumenta bastante. Podendo vir a ter aquele cheirinho desagradável. A água é matéria principal na produção da saliva, por isso quem toma pouca água é um forte candidato a ter o mau hálito.

bactérias gengivite higiene bucal mau hálito periodontite saburra lingual

Artigos Relacionados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*